segunda-feira, julho 17, 2006

Palavras soltas


Queria contar-te uma história, daquelas com um final feliz, cheia de amor. Mas não sei nenhuma… perdi-as todas quando me apaixonei por ti.
Queria dizer-te mais que palavras… mas não sei dizer mais nada, nem falar outra língua se não a dos homens, aquela que tu me ensinas-te.
Queria poder ser uma borboleta para te pousar no ombro, para poderes olhar para mim, para eu poder sentir o teu cheiro e ver-te mais uma vez, uma ultima vez…

Ahhh…!

Como eu queria ser tempo para poder fazer tudo voltar a traz.
Como queria ser vento, chuva e mar, só para te acariciar dum jeito que nunca ninguém será capaz. Como eu queria… Queria!

Queria poder dançar contigo uma dança que nem eu sei! Passear contigo de mãos dadas à beiro do rio, ouvir o som da tua gargalhada…
Como eu queria ser o teu tudo e o teu nada, como eu queria ser o teu sim e o teu não.
Mas tudo o que quer, tudo o que grito e sinto não passam mais do que palavras soltas que tu nunca irás apanhar...

Ahhh…!



Foto tirada da net
5/6/2006

4 comentários:

Hip disse...

Olá :)

Antes de mais quero agradecer-te por teres pacienca em leres os meus textos no Blog e comentar.

Não sabes o importante que é ler opinioes como as tua.

Quando estava a ler as "Palavras Soltas", senti uma vontade de parar o tempo. Fazer com quem tudo fosse realidade em vez de sonhos.

Escreves um sonho tão real como o amor verdadeiro, não existe mas vale apena sonhar com as tuas Palavras Soltas!

Um Dia, quem sabe se ele sente as tuas palavras. Quem sabe ?

Gostei.
Adorei.

Escreves muito bem :)

Que tal juntares umas palavras e compores um livrozito ?

Força contigo *

Anónimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anónimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anónimo disse...

I say briefly: Best! Useful information. Good job guys.
»