sábado, setembro 23, 2006

O suficiente


- Não gostavas que tudo tivesse sido diferente?

- Gostava...

- Muito ou pouco?

- O suficiênte para poder correr atrás do tempo e dizer-lhe que Sim na hora certa, no momento exacto.

- Não percebi...

- Gostava de poder voltar no tempo. De lhe dizer tudo o que não disse, tudo o devia ter dito. De lhe ter dado todos os beijos que não pude dar e de o abraçar... Sim de o abraçar. De lhe olhar para os olhos e lhe dizer que eramos fortes, que eramos maiores que a duvida. De lhe dizer para ele nunca, nunca me deixar.
Gostava de poder voltar no tempo, para lhe mostrar tudo aquilo que agora sei melhor que nunca. Mais que antes. Que ele é aquele sabes?... Aquele que é e será para sempre.

- Pois...


Foto daqui

1 comentário:

Molghus disse...

Tens um coração lindo, muito puro...
Beijoca